Meu perfil
BRASIL, Norte, MANAUS, Homem, de 15 a 19 anos

Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
e-Jovem
e-curitiba - Grupo de Curitiba
e-Campinas - Grupo de Campinas
e-Mogi - Grupo de Mogi
e-PoA - Grupo de Poa
e-Recife - Grupo de Recife
e-Sampa - Grupo de Sampa
Blog do Renato







e aew galera, recebi esse texto hoje e achei bom compartilhar com vcs. leiam e reflitam.
ahhh ainda essa semana, talvez amanha, faço aqui a divulgação de ampliação do e-Manaus. vamos ter a oportunidade de entrar em contato com todos.
e o mais importante, precisamos mais do que nunca da colaboração de todos. no proximo post vcs vaum entender

;*


preconceito

Dentre as muitas crises existenciais que assombram meus pensamentos, uma em particular me leva horas de indignação: o preconceito. (Escrevi tudo com letras minúsculas, pois acho que apesar de frequente, não merece nenhum destaque).

É controversa uma sociedade que se auto intitula moderna e possuir defeitos tão antigos. Muitos deveriam sequer ter existidos, quiçá permanecerem por tantos séculos, mesmo que encubados. Ter preconceito pra quê? Por quê?

Já presenciei e li tantos coisas sobre os mais diversos tipos de preconceitos, não consigo realmente entender o que o leva a permanecer por tanto tempo em nosso meio, seria intolerância, impaciência e soberba? Talvez seja pura ignorância em uma espécie de herança negra.

Penso ser isso analizando a própria palavra preconceito, que é formada por PRÉ + CONCEITO, ou seja um conceito pré concebido e de acordo com o dicionário: "Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados". Horas depois cheguei a seguinte conclusão: todos os preconceitos não são nossos, são do nosso passado, coisas que outras pessoas tinham e foram passando para seus descendentes, e cá estamos carregados deles. Conclui ao pensar que toda criança não possui nenhum pré-conceito de nada, e vai adquirindo com todo o (des)conhecimento que pode absorver.

Ora, ora, como uma criança pode ter preconceito racial? Pode se sentir superior as outras crianças? Nenhuma criança instintivamente sente isso, são coisas próprias dos adultos, que erroneamente são absorvidas pelas infelizes crianças preconceituosas.

Essa semana enquanto cantarolando ia para a faculdade, ouvi um garoto falar que espancaria o seu filho, caso este viesse a se tornar homossexual. E o mais chocante: a menina que o acompanhava simplesmente riu. Bater somente porque por opção, ou predestinação, o seu filho se tornou homossexual? Não deveria essa pessoa que encabeça uma família dar total apoio ou simplesmente respeitar a individualidade do seu filho?
Que ótimo exemplo este pai dará ao seus filhos, o de total intolerância.

Se ele não gosta de homossexuais, é uma escolha dele. Mas será que ele passaria a odiar o seu filho por causa dessa opção? E onde fica a figura de um pai-herói, que sempre apoia, defende e mostra acima de tudo como deve se comportar uma pessoa de caráter limpo e honesto?

E o preconceito racial? Impedir que duas crianças de raças diferentes deixem de brincar, ou se de comunicar por puro preconceito, isso é revoltante.
Se o pretexto for de proteção, impeça então que essa criança tenha acesso a um preconceito tão babaca, e ensine os verdadeiros valores para que venha se tornar uma pessoa íntegra.

Ainda existe o preconceito religioso, que francamente é sem lógica. Deus quer acima de tudo fazer deste mundo, um local mais harmonioso e foi o primeiro a acolher os rejeitados e imundos. Semando acima de tudo o amor o próximo, e isso que é o mais importante.

Estamos trocando os valores que devemos passar pras próximas gerações, ao invés de mostrarmos o errado e o certo, e deixar que sempre tenham suas opções, vamos impondo nossas 'verdades' e desrespeitando a individualidade. Afinal de contas, defeitos todos temos, mas no fundo somos todos iguais. Brancos, negros, gays, lésbicas, católicos, envagélicos... a essência do ser é a mesma, independe da bandeira que levanta.

Não podemos e nem devemos gostar de tudo, afinal isto é impossível, mas devemos respeitar tudo e todos.

Depois de nos tornarmos mais tolerantes e menos ignorantes, seguiremos naturalmente rumo a uma sociedade moderna.

Francirley Rodrigues

 Escrito por _menininho_ às 13h03
[] [envie esta mensagem] []



Olá, E-Manaus!

Oi gente! Sou o mais novo membro do E-manaus! Me chamo Rodrigo e estou pronto para colaborar com este blog de entretenimento e noticias destinada ao publico gls de manaus! Recebi uma proposta irrecusável do E-jovens e estou aqui divulgando minha opinião e defendendo o grupo social que é bastante reprimido nos dias atuais. Espero somar muito aqui no E-manaus e trazer topicos interessantes por aqui. Vamos estar divulgando eventos que acontecem nas casas noturnas gls de manaus e espero que gostem do nosso trabalho. Um grande beijo a todos!

 Escrito por Digaum às 01h02
[] [envie esta mensagem] []



patolada do _menininho_



Bom, pensei em postar coisas picantes pra melhorar visualmente o e-Manaus. Claro que não é esse o foco do blog, e sim comentar coisas normais do nosso mundo.
Mas todo e-Jovem que se preze, adora uma boua sacanagem. naum eh???

E pra começar esse momento sacanagem, uma foto minha. Patoladas são boas.

;]

 Escrito por _menininho_ às 10h30
[] [envie esta mensagem] []



gente nova no e-manaus

E isso aew galera, tem gente nova aparecendo na área.
Ainda não sei ao certo quando e como será o primeiro post do mais novo e-jovem de manaus, mas serah em breve.

Nem dá pra acreditar, mais uma pessoa entrando nesse novo projeto. felicidade grande!!
E promete ser o nosso promoter, divulgando locais badalados, festas maneras... preparem-se.!!

 Escrito por _menininho_ às 10h27
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]